SOLICITE SEU ORÇAMENTO

(51) 3462-0002

Paixão pelo que fazemos é um sentimento capaz de florescer o líder que existe em cada um de nós

Ótimos líderes são movidos pela paixão. Cada vez mais, as pessoas que se destacam profissionalmente têm aprendido lições com as experiências que deram errado. Visam, assim, ao crescimento pessoal, liderando a si mesmas e trabalhando os pontos fracos antes de guiar uma equipe. Quando alguém se dedica na execução de determinada atividade, há muito a ser observado e aplicado à ideia de liderança.

Vamos pensar nisso comparando aos esportes, que envolvem um time inteiro. Há, naturalmente, desentendimentos, conquistas e derrotas: tudo é vivenciado conjuntamente. É uma convivência árdua em prol de um objetivo em comum. Testa-se, dessa forma, a capacidade individual, trazendo insights fundamentais para quem deseja praticar a liderança de si mesmo. Atletas como Joaquim Cruz, meio-fundista brasileiro, exemplificam essa ideia. Conhecendo sua história, é possível compreender que a vitória, seja na vida, no esporte ou na profissão, depende da dedicação de correr atrás e agir de maneira pró-ativa.

O atleta relata que sua preparação começa por um exercício de visualização de todos os seus objetivos e etapas a serem cumpridas, indo desde o impulso inicial durante a prova até a conquista do primeiro lugar no pódio. Além disso, reflete sempre sobre como seriam as manchetes dos jornais no dia seguinte, exaltando seu sucesso. Isso tinha um grande efeito em sua performance. Será que estamos nos preparando da mesma forma para exercer o papel de líderes em nossas vidas?

A paixão se relaciona com inspiração, conectando-se ao ser humano de forma única. Por isso, pode ser uma fonte de estímulo à criatividade, fazendo com que se saia da zona de conforto. Analisar quem se é por meio de nosso trabalho permite compreender os aspectos fortes que temos. Um líder de si mesmo procura equilibrar emoções, lógica e inteligência emocional. São os percalços e aprendizagens que constroem o caminho de onde se está até o lugar em que se quer chegar. É importante definir um propósito, saber como conquistá-lo e desenvolver as capacidades necessárias para isso.

Mais do que vivenciar a paixão, é fundamental entendê-la. Mais do que entendê-la, colocá-la em prática. Analise como suas paixões podem trazer lições de liderança. Que tal começar já?

 

Please publish modules in offcanvas position.