SOLICITE SEU ORÇAMENTO

(51) 3462-0002

Dificuldades na cobrança de inadimplentes? Siga nossas dicas para evitar incômodos

 Quase ninguém fica devendo porque quer. Há diversos fatores que contribuem para a perda do controle das contas pessoais, como o desemprego ou o aparecimento de um problema inesperado de saúde. Cobrar os clientes inadimplentes pode gerar transtornos. É importante que as empresas saibam como proceder nesses casos, pois precisam pagar fornecedores, funcionários e impostos. Quando o fluxo de caixa fica no limite, a inadimplência afeta o desempenho do negócio e pode, inclusive, colocar anos de trabalho duro em risco. Listamos abaixo alguns métodos fundamentais para que a cobrança seja feita de forma adequada e eficiente, evitando desgastes ainda maiores e reclamações no órgão de defesa do consumidor.

1. Seja cordial e não tenha receio em cobrar
Cobre a dívida sem aflição, uma vez que seus direitos são garantidos por lei. Cuide para que os clientes não se sintam constrangidos durante a cobrança. Assim, não tenha medo de cobrar inadimplentes: o atraso da entrada de dinheiro em caixa prejudica o seu negócio e impede o crescimento saudável. Para fazer uma cobrança cordial, seja atencioso e discreto ao falar com o cliente sobre o vencimento do prazo das faturas. Explique amigavelmente que sua empresa tem um fluxo de caixa para ser cumprido.
2. Oriente os responsáveis pela cobrança e evite resultados desastrosos
Oriente sua equipe de cobrança para evitar excessos e ameaças, que são proibidos pelo Código do Consumidor. Os trabalhadores das áreas de atendimento e cobrança devem saber como abordar gentilmente o devedor. Usar as redes sociais para cobrar ou enviar lembretes são péssimas atitudes, visto que o resultado tem risco de ser desastroso. Sabe-se que alguns cobradores acabam tendo de pagar indenização aos devedores em razão de constrangimentos nas redes sociais. Uma atitude cordial por parte da equipe de cobrança pode ajudar em casos no qual as dívidas já venceram há muito tempo e não se espera recuperar o dinheiro.
3. Ofereça parcelamento
Caso ainda não haja uma resposta positiva quanto ao pagamento da dívida após o contato com o cliente, ofereça opções de parcelamento. Esse gesto possibilita que ao menos uma parte do dinheiro entre no caixa e ajuda o cliente a se manter seguro e interessado para negociar e quitar os débitos.
Para mais informações sobre esse tópico, recomenda-se a leitura: https://bit.ly/2D3DZve
4. Mantenha um cadastro atualizado dos clientes
Tenha sempre um cadastro atualizado de todos os compradores de sua empresa. Com o cadastro, é possível saber quais os clientes que pagam no prazo e aqueles que apresentam dificuldades. Quem está no “cadastro positivo” pode ser alvo de promoções futuras, para que se sinta privilegiado e continue fiel ao seu negócio.
Como você tem lidado com a questão da inadimplência? Conte nos comentários abaixo!

Please publish modules in offcanvas position.