SOLICITE SEU ORÇAMENTO

(51) 3462-0002

SOLICITE SEU ORÇAMENTO

SOLICITE SEU ORÇAMENTO


(51) 3462-0002

Novembro Azul: o que é câncer de próstata e como prevenir?

A média é de 66 mil novos casos para o câncer de próstata nos próximos três anos. Esse é o segundo tipo mais comum que afeta os homens, ficando atrás somente dos tumores de pele não-melanoma. 

 

Com os exames de rotina, é possível prevenir e diagnosticar essa doença com antecedência: é o caso do toque retal e PSA, testes essenciais para combater o problema. Uma pesquisa do Centro de Referência da Saúde do Homem, órgão da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, revelou que 60% dos pacientes só vão ao urologista quando o tumor está em estágio avançado. Nestes casos, o risco de morte é maior. Por isso, a partir dos 45 anos, os exames devem ser feitos anualmente por homens com fatores de risco, como histórico familiar. Após os 50, todos os homens devem realizar os testes uma vez por ano.

 

A doença é normalmente silenciosa, o que pode dificultar ainda mais o diagnóstico: 39% dos brasileiros não conhece os sintomas, segundo pesquisa da Ipsos. Quando o paciente nota os sinais, o tumor costuma estar em fase avançada. Os principais indícios são a dificuldade para urinar, necessidade de urinar mais vezes do que o normal, diminuição do jato na urina acompanhada de ardor e presença de sangue na urina ou sêmen. 

 

Entre os principais fatores de risco, estão o histórico familiar, a obesidade e o estilo de vida, pois hábitos como o sedentarismo, má alimentação, alcoolismo e tabagismo são inimigos da boa saúde. Dependendo do estágio do câncer de próstata, o tratamento irá incluir cirurgia, radioterapia e terapia hormonal. Quando o câncer é menos agressivo, dependendo da idade do paciente, pode não haver necessidade do tratamento. 

 

Cuidar da saúde do homem também é importante. Por isso, divulgue e compartilhe informação. Vamos todos prevenir! 

 

Please publish modules in offcanvas position.