SOLICITE SEU ORÇAMENTO

(51) 3462-0002

SOLICITE SEU ORÇAMENTO

SOLICITE SEU ORÇAMENTO


(51) 3462-0002

LIVRE-SE do retrabalho para crescer!

Existem alguns fatores que podem explicar a perda de lucratividade em uma empresa. Segundo Michael Porter, conhecido como o guru da estratégia, são cinco aspectos: a rivalidade dos concorrentes, produtos substitutos, novos entrantes no mercado, poder de barganha dos fornecedores e poder de barganha dos clientes.

Esses fatores são ambientais e exteriores às organizações. No que se refere às práticas internas, o retrabalho merece atenção, pois pode tornar as atividades lentas, burocráticas e ineficientes. É como se fosse a âncora que impede o sucesso. Ele não surge de forma isolada: é resultado da desorganização interna e de uma estruturação baseada em departamentos fechados, sem correlação. Cada setor defende seus interesses, pouco importando como estão os demais. A visão por função afeta a comunicação, tornando-a menos fluida e interconectada. Os departamentos passam a atuar separadamente, sem conhecer a realidade dos colegas, impossibilitando a criação de estratégias conjuntas em busca de resultados comuns. 

 

O resultado? RETRABALHO! Quando pessoas de diferentes áreas se unem para dialogar sobre suas demandas, é possível encontrar pontos compartilhados, dividindo-se as responsabilidades e tarefas. Por isso, é sempre importante se questionar: quantos recursos estão sendo perdidos por falha de comunicação? Quanto tempo não está sendo colocado fora? Se o processo não é dinâmico e facilmente compreendido, são colocados mecanismos de travas e controles excessivos, com mais e mais pessoas sendo alocadas para diversos departamentos. A burocracia se transforma em realidade, fomentando ciclos viciosos. 

 

A cultura da empresa fica caracterizada pelo “sempre fizemos assim, não dá pra mudar”, com as responsabilidades terceirizadas e a postura de passividade. O cliente também percebe essa mentalidade: o atendimento demora, o fechamento dos pedidos é lento e as informações são desencontradas. Outro fato interessante é observar que a culpa costuma ser direcionada ao sistema, como relatórios atrasados ou falhas de TI. Porém, não é trocando as ferramentas que tudo vai mudar: o comportamento deve ser transformado, caso contrário, tudo permanecerá igual e estagnado. Afinal, automatizar a bagunça gera apenas uma bagunça automatizada.

 

Por isso, invista na abertura dos canais de comunicação entre departamentos. Os processos e as pessoas devem estar ALINHADOS. A mentalidade da empresa precisa ser aberta, voltada à inovação e evolução. Livre-se do retrabalho! 

Please publish modules in offcanvas position.