SOLICITE SEU ORÇAMENTO

(51) 3462-0002

Gerenciar conflitos faz parte do trabalho

Em qualquer empresa, há momentos de conflito. Nem sempre são ocasiões negativas, pois existem situações que acabam gerando boas soluções e um resultado melhor. Mas há casos em que o conflito pode provocar sérios danos.

Identificar e resolver

O bom gestor precisa saber identificar e diferenciar os conflitos e agir de forma certeira em cada situação. Se é possível ter um resultado positivo, então, o ideal é incentivar a equipe a encontrar uma solução o quanto antes, visando a origem do problema e incluindo as pessoas envolvidas na questão.

Pequenos conflitos podem se transformar em uma crise, por isso, o gestor deve sempre estar presente nesses casos para servir como mediador e para acalmar os ânimos.

Dialogar

Quando o conflito se apresenta, é importante que haja diálogo e que as partes envolvidas tenham a oportunidade de falar claramente o que está acontecendo sobre o ponto de vista de cada um.

Mais uma vez, o gestor tem papel fundamental, pois ele deve acompanhar a conversa para ter certeza de que que o foco será mantido, sem que se leve a questão para o lado pessoal.

Foco

Conflitos exigem atenção, concentração e foco. Não dá para participar de uma reunião como mediador e ficar olhando WhatsApp (que é uma ótima ferramenta, mas que provoca comportamentos inadequados muitas vezes). Ouvir o que cada um tem a dizer é vital para poder gerenciar o conflito. Opinar e se posicionar somente se for questionado para isso.

Conectar pessoas

Depois que todos falaram, expuseram suas razões e interpretações, o gestor deve encontrar os pontos em comum e fazer com que as pessoas se conectem e com isso tenham condições de solucionar o conflito por elas mesmas. Se isso não acontecer, aí sim, o gestor deve apresentar soluções.

Please publish modules in offcanvas position.