SOLICITE SEU ORÇAMENTO

(51) 3462-0002

SOLICITE SEU ORÇAMENTO

SOLICITE SEU ORÇAMENTO


(51) 3462-0002

8 dicas para o bem-estar dos trabalhadores remotos

A dinâmica do trabalho remoto pegou muitas empresas de surpresa. Com o cenário de pandemia, milhões de pessoas migraram o escritório para suas casas, em ambientes que, normalmente, não têm a estrutura adequada.

A maioria precisou se adaptar não só ao isolamento da quarentena, mas também a estas novas dinâmicas laborais, que reorganizaram as relações entre as pessoas. Só que os colaboradores ficaram ainda mais vulneráveis a desenvolver quadros de ansiedade, depressão e estresse, afinal, estamos permeados por incertezas. Para manter a produtividade, é importante valorizar o cuidado com a saúde mental e o bem-estar, essenciais na conquista de bons resultados. Por isso, listamos 9 estratégias que ajudam a priorizar a saúde mental durante o trabalho remoto, confira! 

1. Crie um espaço só para home office

Nada de trabalhar na cama. É necessário definir um espaço de trabalho organizado para ajudar você a separar o trabalho da vida pessoal. Embora seja tentador ficar no sofá debaixo das cobertas, esse espaço favorece distrações e não separa a vida privada das atividades diárias. Ressaltamos a importância de parar de trabalhar no fim do dia sem que haja o sentimento de que você deve continuar on-line mesmo após o seu horário.

2. Mantenha uma rotina

A sensação de “normalidade” requer uma rotina. Deixe o pijama de lado, defina horários fixos para dormir e acordar e mantenha seus rituais diários. Assim, você consegue estruturar o dia com mais eficiência. Embora o trabalho remoto ofereça mais flexibilidade, há risco de nos deixar mais propensos ao esgotamento emocional, à medida que a tarde se estende até à noite. Siga um cronograma com limites saudáveis e horários razoáveis. Depois de fazer o logoff, desconecte-se totalmente. 

3. Comunique-se

Para quem gosta de interagir ao vivo no trabalho, o home office pode ter impactos inesperados. É fácil sentir-se sozinho ou isolado quando você está privado desse ambiente. Porém, existem ferramentas que ajudam na boa comunicação, como as chamadas em vídeo. Converse com seus colegas que provavelmente estão passando pelas mesmas angústias. 

4. Limite o tempo de exposição às notícias

A exposição a grande volume de informações negativas pode aumentar os sentimentos ruins. Não passe tanto tempo consumindo notícias relacionadas à pandemia. Esse fluxo constante faz com que cresça a ansiedade. Escolha horários diurnos para assistir ao noticiário e sempre acompanhe fontes confiáveis. 

5. Mantenha a saúde física

A saúde física está associada à mental, por isso é importante dar a devida atenção à rotina de exercícios. Em intervalos regulares, movimente-se! Quem sabe uma caminhada no fim do dia? Há, também, vários canais on-line com transmissões gratuitas de exercícios para serem feitos em casa. Reserve boas horas de sono e tenha ainda mais disposição.

6. Faça intervalos durante o dia: as pausas são extremamente importantes para relaxar o cérebro e o corpo.

7. Descubra compromissos e oportunidades

Todos nós sofremos com um certo grau de angústias a curto e médio prazo. O momento é desafiador, mas pode ser importante para descobrir novas oportunidades na vida profissional e pessoal. 

8. Não tenha medo de pedir ajuda

Se você estiver passando por dificuldades, compartilhe com outras pessoas. Procure ajuda de colegas de confiança, familiares, amigos e profissionais especializados. 

Please publish modules in offcanvas position.